Blog

Acompanhe muito mais da Radiograf em nosso blog

O estilo de vida vegano vem ganhando cada vez mais as pessoas. Estas estão preocupadas com os animais e meio ambiente, deixando de consumir qualquer produto de origem animal. Carnes, ovos, leite e derivados são banidos. Mas e da boca para dentro? Será que as restrições afetam a saúde bucal? Confira aqui qual a relação entre o veganismo e a Odontologia.

Hoje é um dia especial pois comemora-se a Páscoa, a ressurreição de Cristo. Ao refletir sobre a data, podemos ver que ela nos mostra um pouco da importância da valorização da vida, não é mesmo? Por isso separamos algumas informações e reflexões sobre a época, vamos lá.

A pandemia mundial de Covid-19, decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), alterou a rotina dos brasileiros, que agora devem evitar aglomerações e redobrar a higiene pessoal. Nesse contexto, é importante ressaltar que as pessoas devem ficar ainda mais atentas à higiene bucal.

Primeiro porque ela é fundamental para a manutenção da saúde geral. E segundo porque, de acordo com as orientações técnicas do Ministério da Saúde e de órgãos de vigilância dos estados para este momento de isolamento social, só se deve buscar atendimento odontológico em caso de urgência ou emergência.

Ciente da gravidade do cenário, o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (Crosp) reuniu recomendações sobre medidas de prevenção e proteção da saúde bucal em tempos de propagação intensa do novo coronavírus.

Em primeiro lugar, não podemos negligenciar a higiene bucal diária, que é essencial para evitar o surgimento de cárie, gengivite e mau hálito, além de problemas mais graves. A higiene deve ser feita com escova de cerdas macias e creme dental com flúor, e a limpeza entre os dentes requer o fio dental — se houver indicação do cirurgião-dentista, pode-se complementar com o uso do enxaguante bucal. Lembrando que a escovação deve ser feita ao acordar, após as refeições e antes de dormir.

A situação é constrangedora, mas bastante comum. Estamos falando das pessoas que sofrem com aquele odor ruim que sai da boca, o que pode acontecer com qualquer um de nós. Por isso, descobrir o que causa mau hálito é superimportante.

A verdade é que nem sempre a razão é a má higiene bucal, como muitos pensam, e buscar o tratamento adequado é essencial para reverter a situação, impedindo que a saúde seja comprometida e até que outras complicações aconteçam — a qualidade de vida e a autoestima estão entre os principais impactados.

Por isso, neste artigo, vamos falar um pouco mais do assunto para alertar todos que desejam manter uma boca saudável e cheirosa. Continue a leitura para ficar informado!

Mais uma vez nos deparamos com uma situação atípica, que requer o nosso bom senso para a tomada de decisões que impactam não somente a você, mas a saúde e a vida do próximo.

É nesse cenário de pandemia mundial que aprendemos a deixar o individualismo de lado para exercitarmos a empatia e a solidariedade.

Sem pânico ou desespero, neste momento, medidas simples aliadas ao autocuidado podem fazer a diferença.

Hoje, 20 de março, é celebrado o Dia Mundial da Saúde Bucal.

A Radiograf junta-se nesta mobilização planetária para informar as ações que cada um deve adotar para evitar cárie, perda dos dentes e doenças da boca.

A saúde bucal tem consequências em todo o corpo e os cuidados devem acontecer desde a infância até a terceira idade.